12 de novembro de 2011

Apologies

Essa foto está participando do concurso do "Café, cálculos e
crônicas. Cliquem nessa legenda e basta curtir para dar o seu
 voto super lindo, carinhoso ou desastroso. Ajudem-me
Cigarro não é caso a parte de uma apologia. Não está na Constituição vigente a proibição dela, exceto na Lei 8.069/1990 e 10.702/2003 que diz não permitir a menor de 18 anos. Tudo bem, a gente finge que acredita que a gente começa a fumar na fase adulta. Não. Não estou fazendo barganha para começarem a fumar, mas antes de falarem que ínsito a isso ou aquilo, deveriam olhar o mundo lá fora que não está preocupado com uma simples foto, onde um cidadão quite com suas obrigações militares, maior de idade e vacinado fuma ou deixa de fumar ou tira ou não fotos com cigarros entre dedos. O caso aqui é: no apologies...

Fumo, não nego e paro se quiser e no momento, não obrigado, estou bem assim. Cigarros são para os fracos: se assim salvar a minha alma, mas se não salva, digo que faz mal, dá câncer, fode qualquer outra parte do nosso corpo, mas a questão aqui é se estou ou não fazendo apologia a alguma coisa. Penso que não. Que coisa feia, parece até que sou mais um desses perdidos na vida.

Por que eu fumo? Ah, meu caro ou minha cara, ou seja, lá o que seja. Fumo porque gosto. Não dá prazer nenhum e sim, estou viciado. Comecei como quase toda a população mundial consumidora de tabaco: bem novo, ou não tão novo, mas lá com meus treze ou catorze anos. Dizer que faço apologia? Não. Apologia diz respeito a crime e desde que não eu não forneça a nenhum menor de idade, não estou PECANDO contra algum projeto de lei.

Seres humanos – ouvi-me: a coisa é o seguinte, não estou fazendo apologia à merda nenhuma. Fuma quem quer, assim como ama quem quer e fode quem quer. O que há em errado nisso tudo? É que sempre tem um infeliz que não contente com a mesmice cotidiana, vem encher o saco dizendo besteiras e não enxerga a falha humana que se é. Sei que tenho uma queda ao que é ilegal, imoral e ao que engorda. Mas isso tudo é pessoa e não divido a não ser com algum maior de 18 anos que se permita a experimentar os piores e melhores devaneios dessa vida. Apologia? Não meu caro humano, isso é mais um jeito de viver a MINHA vida, obrigado!

11 comentários:

KGeo disse...

"apologies" fica parecendo que você se desculpando em inglês já que se escreve assim

Lisa perfil para comentar no meu blog principal disse...

estou te seguindo e adorei o blog Klebersom, bjus, me segue de volta neste link do meu blog pessoal:

http://lisagurrerikunzekurpjuweit.blogspot.com/

Kleberson Marcondes disse...

Estou me desculpando, meus caros. Me desculpe sempre quando pensamentos idiotas me aparecem, daí, eu peço desculpa pela babaquice alheia.

Samira Machado disse...

Adorei o blog e os seus texto, seguindo :)
Passa lá?
http://thebookofmydreams.blogspot.com/

Mariéli G disse...

adorei o blog http://www.ondadagalera.blogspot.com/

Lise disse...

Caralho que texto viu,Parabéns. Tipo algumas pessoas me bateriam já que estou te parabenizando,mas é isso parabéns pelo texto.Ótimo.
http://gaarotadalua.blogspot.com

NANDo disse...

Gostei da sua opinião forte

Hysteria Project disse...

se vc gosta neh XDD
não vou dar uma lição de moral xD
mas sou contra^^

JaCoNa disse...

Se tu admite ser um vício é também uma contradição afirmar que fumas por que queres e ñ paras pq ñ desejas. Vício é vício e não há escolha quanto a isso. Começa a fumar quem quer, mas dps do vício, a história é OUTRA! rs Eu odeio cigarro... mas se tu tá feliz assim, keep going! ;)

JaCoNa disse...

p.s.: a propósito, teu texto foi mto bem escrito. parabéns ;)

Blog UaiMeu! disse...

parabéns pelo texto!