15 de setembro de 2011

Vezemquando

Vezemquando saímos correndo de tal modo que não enxergamos as pequenas coisas. Vamos depressa, com medo de não chegar a algum lugar e no fundo, só nos perdemos dos caminhos mais certos. Amamos o desconhecido, mas o que precisa de nossa total atenção é deixado de lado de tal modo que nossos afetos se tornam inférteis… Feliz é o ser humano que consegue no auge de sua lucidez, captar as coisas mais importantes, como as pequenas e desajustadas, que na poesia é simplificada pelo amor que dá vida; pela paz que traz ordem; pela chuva que sacia nossa insatisfação… Precisamos aprender, mas isso… Lá pra frente, agora só o que nos resta é viver intensamente cada miudeza que essa vida nos dá.

4 comentários:

Mr. Rïver disse...

Bacana seu blog! Parabéns :D

S.Rïver
http://saimonrio.blogspot.com

Simplesmente o que penso disse...

a genti simplimente passa sem perceber as coisas mais simples da vidas, que são muitas vezes as coisas mais importantes da nossa vida... deveriamos desacelerar um pouco e viver mais de verdade. muito bom o blog, adorei o texto vc escreve muito bem.

da uma passadinha no meu tbm talvez vc goste.
http://blogdapuucky.blogspot.com/

lollyoliver disse...

Você escreve muito bem!
http://lollyoliver.wordpress.com/2011/09/05/nada-alem-de-mim/

Renata disse...

Almejamos o desconhecido, o que achamos melhor. Com isso deixamos de lado as pequenas conquistas, os afetos, o amor... Deixamos de lado o que realmente imporata por buscas e mais buscas de horizontes incertos...