17 de setembro de 2011

Desejo

"Desejo: imperativo de ir a luta. Podemos tanto, mas pouco fazemos. Pra que parar? Medo? Coloque eles de lado e vai ser feliz. Escancare as janelas da alma e deixe os sonhos voarem; faça os desejos verdades e coloque nos seus dias, aquela filha-da-puta de emoção que a tempos estamos escondendo."

4 comentários:

Gustavo disse...

Quanta saudade dos seus escritos, que tão de perto eu podia ver e opinar. Continua bom como sempre, ou melhor. Depende do ponto de vista não é? Senhor dos paradoxos, como "costuma" te chamar! Continue a brindar os amigos com suas palavras! Parabéns!

lollyoliver disse...

Nossa, mais um dos teus textos lindos. E realista, ao meu ver. Adorei!
http://lollyoliver.wordpress.com

www.mundodse.com disse...

Maravilash kkk, você disse tudo: "Podemos tanto, mas pouco fazemos."
Quando eu quero eu faço! xP

Vlws

Mateus disse...

Gostei do pensamento. Só não tenho certeza se todo desejo deve ser realmente realizado.

http://123acao.wordpress.com/